2 Dezembro, 2021 In Dicas, Lifestyle By dfhfwrtvweqwhk

Retenção de dentes de leite em cães

Os cães têm duas dentições, uma composta por dentes decíduos (dentes de leite) e outra por dentes definitivos.  A partir dos 4 /7 meses de idade, os primeiros dentes caem e são substituídos pelos definitivos.

Um problema comum, especialmente em raças pequenas (como o Yorkshire Terrier, Chihuahua ou Maltês), ocorre quando o dente de leite não cai e dá-se a erupção do dente definitivo.

A retenção dos dentes de leite pode causar uma má oclusão dolorosa e posições anormais entre os dentes, dando lugar a outros problemas. Além disso, a falta de espaço entre os dois dentes favorecerá o aparecimento da placa bacteriana e tártaro.

Os dentes mais frequentemente afetados por esse problema são os incisivos, seguidos pelos caninos e pré-molares.

O reconhecimento precoce e o atendimento odontológico imediato são muito importantes para evitar danos permanentes à saúde do animal.

Em casos de retenção de dentes de leite, também conhecidos por dentes de leite persistentes, geralmente a extração é recomendada. Se suspeitar que o seu cão sofre desta condição, não hesite em trazê-lo ao Hospital Veterinário Central Caldas da Rainha Cão de Ló. Contacte-nos para o 262 824 057 e agende uma consulta para o seu fiel amigo. 📞

No Comments

Your email address will not be published.