4 Maio, 2021 In Sem categoria By dfhfwrtvweqwhk

Leishmaniose e Dirofilariose – A importância da prevenção

De uma maneira geral, podemos dividir os parasitas em dois grandes grupos – os internos e os externos.

A maior parte das pessoas irá associar os parasitas externos às pulgas e às carraças e os internos aos parasitas intestinais.

Mas há mais, e temos a certeza que os conhece bem!

Mosquitos e flebótomos – são dois tipos de parasitas externos que podem trazer problemas bem mais graves ao seu patudo do que uma ligeira irritação.

Ao alimentarem-se, os mosquitos podem transmitir dirofilariose ao seu cão, e os flebótomos leishmaniose, doenças que podem pôr em risco a vida do seu companheiro.

A Dirofilaria é vulgarmente conhecida como o parasita do coração, causando, como o nome sugere, problemas cardíacos que se vão agravando ao longo do tempo se não for tratada.

Já a leishmaniose, também ela é causada por outro parasita, este microscópico, que pode causar lesões em vários órgãos, manifestando-se comummente com lesões na pele.

Para manter o seu patudo protegido contra estas doenças parasitárias, é essencial manter a sua desparasitação atualizada durante todo o ano.

Para além disso, há também estratégias preventivas mais específicas para a leishmaniose, que teremos todo gosto em discutir consigo para garantir que o seu cão está protegido. Contacte-nos para o 911 010 994 ou 262 824 057 para mais informações. 📞

No Comments

Your email address will not be published.