26 Outubro, 2021 In Dicas, Lifestyle By dfhfwrtvweqwhk

Alergias em cães

Tal como nós, os cães são suscetíveis a alergias que podem ser provocadas por diferentes agentes, desde partículas transportadas através do ar, tais como pó ou pólen, até às picadas de pulga, não esquecendo as alergias originadas pela ingestão de certos alimentos.

Qualquer cão pode sofrer de alergia que pode ser sazonal (por exemplo, se derivada de alguns tipos de pólen) ou pode ocorrer ao longo de todo o ano.

O animal tende a coçar-se muito em todo o corpo ou numa determinada zona (especialmente nas orelhas, abdómen, virilhas, patas e à volta dos olhos). Esta reação pode levar à irritação da pele e, consequentemente, a feridas, formação de crostas, infeções, perda de pelo e descamação.

Outros sinais de alergia em cães são os espirros, a tosse ou distúrbios digestivos, como vómitos e diarreia.

Vários cães sofrem de dermatite alérgica à picada de pulga e muitas vezes os proprietários pensam que, pelo facto de o animal não ter pulgas, a comichão não pode ser causada por este parasita. No entanto, se o cão for suscetível a esta dermatite alérgica, a saliva de uma só pulga é suficiente para causar muita comichão e irritação.

Recordamos também que o pelo dos nossos cães e gatos pode facilmente sujar-se e alojar parasitas que favorecem o aparecimento de alergias.  Manter uma boa higiene do animal é também uma forma garantir a sua saúde, utilizando champôs que respeitam as especificidades da sua pele e pelagem, assim como escovagens regulares e, em alguns casos, tosquias.

As alergias em cães têm vindo a aumentar muito significativamente nos últimos anos, por isso, desenvolveram-se diferentes tratamentos e formas de prevenir este problema.

Para mais informação, não hesite em contactar-nos para o 262 824 057. 📞

No Comments

Your email address will not be published.